COBRAS E LAGARTOS

PARA CRIAR A MASCOTE QUE HÁ-DE DESENCAMINHARTE

objectivos

O concurso Cobras e Lagartos que acontece no âmbito do desencaminharte — Festival de Arte Pública pretende estimular a imaginação e expressão das tradições rurais do Alto Minho desafiando artesãos locais a criar uma obra que, representando cobras e/ou lagartos, se estabeleça como mascote do desencaminharte.

Os répteis que se escondem nos nossos territórios moldaram durante anos a fio, por vezes fino de relevo, outras grosso interrogante, o nosso imaginário e a relação que temos com a vegetação e os penedos do Minho. Os nossos corpos ganharam também um instinto próprio, ou já o tinham e ele continua em devir, avançando em linhas curvas contíguas; um instinto que nos permite aceitar o medo do reptíl, da sua esgueireza de dorso quente, do seu levantar de cabeça assaz, tentador. Valorizamos assim uma obra artesanal que traga cobras e lagartos para dentro do nosso desencaminhante festival.

normas de participação

O que é ?

É um concurso de artesanato dirigido a artesãos do Alto Minho promovido pelo desencaminharte — Festival de Arte Pública, com o objectivo de criar uma mascote que represente a temática das cobras e dos lagartos que povoam este território. 

Para quê ?

Para promover e difundir as tradições e práticas artesanais cruzando-as com a programação do festival e com a diversidade de práticas artísticas presente no desencaminharte.

Quem pode concorrer ?

Podem concorrer todos os artesãos do Alto Minho que desejem criar uma obra sobre cobras e lagartos que promova a biodiversidade da região, utilizando as artes e ofícios da cerâmica, dos bordados, das rendas, do trabalho do couro, do trabalho da madeira, do estuque, da cestaria, metal, tecelagem. Não é obrigatória a carta de artesão.

Como concorrer ?

Para concorrer deves:

– preencher o formulário de inscrição presente nesta página;

– enviar um ficheiro pdf ou zip contendo quatro fotografias da obra a concurso acompanhadas de uma breve memória descritiva sobre os materiais utilizados e a relação com a temática das cobras e lagartos;

– fazer prova de residência ou trabalho no Alto Minho.

Qualquer pedido de informação deve ser endereçado para o concursocobraselagartos@gmail.com

O concurso decorre até ao dia 30 do mês de Agosto de 2017 (limite adiado 15 dias a partir da data original).

Quando saem os resultados?

Os resultados serão conhecidos dia 30 de Setembro e publicados através dos contactos de e-mail e nas redes sociais. Os finalistas do concurso serão notificados com antecedência para divulgação dos resultados.

Quais são os prémios?

Todos os participantes do concurso ganham acesso a uma banca de venda do seu artesanato na próxima edição dos mercados que integram a programação do festival.

Os três finalistas do concurso ganham direito à reprodução das suas obras como mascotes do desencaminharte, com uma edição limitada e comercializada na loja da CIM e, eventualmente, nos postos de turismo existentes no Alto Minho.

O vencedor do concurso ganha também um prémio pecuniário no valor de 2000€, contra a entrega do respetivo documento de factura-recibo.

Quem é o júri?

O júri é composto por um representante da CIM-Alto Minho, um representante de uma associação regional do sector e um representante do desencaminharte — Festival de Arte Pública.

Quais são os direitos do autor?

Os artesãos dão o direito à organização de mencionar os seus nomes e de reproduzir e exibir as suas obras para divulgação e promoção do festival.

A obra premiada passará a pertencer ao espólio da CIM-Alto Minho, assim como todos os direitos a ela relacionados.

E que mais?

Qualquer caso omisso ou de dúvida relacionado com o regulamento será resolvido exclusivamente pela organização. Qualquer dúvida deverá ser colocada pelo e-mail concursocobraselagartos@gmail.com.

A organização reserva-se o direito de introduzir alterações nas condições de participação por razões de força maior que o justifiquem.

contagem decrescente para a entrega de propostas