Mnemosynite

Descrição do Projecto

coordenadas 41.990632, -8.525076

Partindo do ponto onde a geologia e o conhecimento se tocam, na medida em que todas as paisagens se vão construindo através da paisagem anterior, assim acontece também nas manifestações culturais, com as suas representações simbólicas que vão crescendo ao se alicerçarem no que fica soterrado. Esta intervenção vive nessa ambivalência, ao mimetizar processos naturais — a cristalização — como analogia com outras manifestações que acontecem na história cultural de uma região.

No Alto Minho, a paisagem geológica está intimamente ligada com as suas lendas, existindo mesmo uma simbiose entre as duas, por exemplo, pedras que assumem formas de animais e penedos que escondem tesouros. Estas lendas cristalizaram-se na memória colectiva das pessoas que habitam nesta região através da tradição oral e que resultam nas lendas.

Este projecto consiste na colocação de peças ao longo de um percurso, semelhantes a estruturas cristalinas com dimensões variáveis segundo uma lógica análoga à forma como estes elementos se distribuem na paisagem.

O material predominante será o espelho, o que permitirá que ao longo dia a variação da luz do Sol possibilite efeitos lumínicos ao reflectir nas peças que estarão colocadas em locais de difícil acesso.