Oficina Arara

Arena d'artes gráficas e outros movimentos inconclusivos

Oficina Arara

Arena d'artes gráficas e outros movimentos inconclusivos
facebook-icon

Biografia

Arena d’artes gráficas e outros movimentos inconclusivos

Fundada em 2010 por um grupo de artistas, designers e um engenheiro, é um estúdio de artes gráficas equipado para trabalhar em serigrafia. É projectado como um espaço autónomo e aberto de experimentação em torno da produção de cartazes, livros e outras criações, tentando estabelecer uma relação directa, contínua e ininterrupta entre o acto de desenhar e a impressão de múltiplos. Actualmente, fazem parte do bando: Miguel Carneiro, Bruno Borges, Dayana Lucas, Pedro Nora, Luís Silva, Daniela Duarte e João Alves.

A Oficina Arara, calcando caminho na sua viagem neo-desprogressista em direcção ao momento-raiz da relação primordial que o Homem estabeleceu com a criação de imagens e sons – com vista à invenção de uma cinemática cacofonia caos-cósmica, perpetuada ad aeternum através dos interstícios siderais de um Tempo, agora, para sempre ausente –, socorre-se, uma vez mais, da sua paleta de tons Primários para dar cor a Antigas e Novas Andanças: dança macabra deste lusco-fusco, efémero momento onde Luz e Sombra se entrelaçam.